segunda-feira, 12 de setembro de 2011

CORRUPÇÃO


Imagem: Imagebank
COMO SOME O DINHEIRO DA SAÚDE

Antonio Carlos Lopes


Basta uma rápida busca na Internet para confirmar que o caos da saúde é iminente e desenha-se ano após ano. As notícias de tempos atrás e as de hoje retratam uma tragédia anunciada pela insuficiência de recursos destinados à assistência de cidadãos. Algumas manchetes: 2003, Brasil é o país que menos investe em saúde na América Latina; 2007, investimento ainda é baixo em comparação a outros países; 2008, Brasil investe em saúde pouco mais que a metade do gasto de países vizinhos; 2010, saúde sofre com falta de recursos e gerenciamento precário; 2011, Brasil é lanterna em investimento na saúde.

Segundo o artigo 196 da Constituição federal, "a saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e a serviços para sua promoção, proteção e recuperação". Muito boa teoria, mas, para transformá-la em prática, são necessários recursos e vontade política. O problema é que, de boa parte dos gestores públicos, a quem caberiam comprometimento e responsabilidade social? Agora mesmo acabamos de confirmar denúncia, há tempos feita por entidades médicas: há estados maquiando destinações legalmente obrigatórias em saúde, desviando-as a outros fins. Nos últimos anos, cerca de R$ 12 bilhões declarados como investimentos no setor foram gastos em saneamento básico, financiamento educacional, aposentadorias de servidores... Todos importantes, mas todos já têm destinações. É inadmissível que sejam desviados os recursos da saúde, pois o país padece no atendimento, com hospitais sucateados, filas de espera, falta de leitos, recursos humanos desvalorizados, etc. Faz pouco, a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou relatório anual com dados sobre a saúde no mundo e investimentos no setor por país. Entre as 192 nações avaliadas, ocupamos o 151 lugar. Aqui, a parcela reservada à saúde é de 6%. A média africana, região mais pobre, com mais problemas sociais, é de 9,6%.

Em financiamentos, o Brasil está distante de países em que o acesso à saúde é, na prática, universal, integral, direito de todos. No Reino Unido, 86% são de recursos públicos. Na Suécia, 85%. Dinamarca, Alemanha e França investem, respectivamente, 83%, 76% e 75%. Não à toa, a despeito de ser considerado uma das propostas mais vanguardistas de universalização da assistência em todo o mundo, o Sistema Único de Saúde (SUS) ainda não se viabilizou. Faltam recursos. Para reverter isso precisamos regulamentar a emenda 29, estabelecendo em lei os investimentos mínimos de Federação, estados e municípios, além de determinar o que são as destinações para saúde. Dinheiro aplicado em saúde não é gasto, é investimento. É o que precisamos: investimentos em dias melhores para os brasileiros.


Presidente da Sociedade Brasileira de Clínica Médica

FONTE:  Aqui

“A FIESP afirmou que a corrupção no BRASIL, em um só ano, consome de R$ 50 bilhões a R$ 84 bilhões. Com esse dinheiro, poderia se sustentar todo o tratamento de saúde de todo o povo brasileiro por oito anos.”

FONTE: Jornal Zero Hora - Coluna Paulo Santana

“Corrupção causa náusea sempre, mas consegue ser mais nojenta ainda quando compromete o socorro a quem perdeu tudo o que tinha na vida. É o que acontece na região serrana do Rio de Janeiro, cenário de uma das maiores tragédias provocadas pela natureza no Brasil. Seis meses depois dos deslizamentos que mataram mais de 900 pessoas, O Ministério Público Federal e o Tribunal de Contas da União (TCU) investigam o desvio de parte dos R$ 30 milhões destinados à reconstrução das cidades destruídas.Conforme denúncias, os habituais 10% de propina passaram para 50%. Ou seja, de cada real enviado pelo governo federal, 50 centavos foram parar no bolso de funcionários públicos, políticos e empreiteiros sacanas.”

FONTE: Jornal Diário Gaúcho - Coluna Antônio Carlos Macedo

12 comentários:

  1. Olá querida Bia!

    Realmente chega a dar nojo falar de como os politicos tratam a saúde neste país, aqui não se investe em saúde pública para obrigar as pessoas a comprarem planos privados “obrigando a gente a pagar 2 vezes pelo mesmo serviço, já que pagamos impostos que deveriam ir para a saúde” ai quando a gente fica doente esses planos privados inventam carências e dizem que não vão nos tratar jogando a gente de volta ao sistema publico.

    Fora o bom e velho jeitinho brasileiro, em que o politico diz que aquela obra milionária que vai fazer para canalizar o rio é obra de saneamento, se é saneamento é da saúde, então desviam as verbas de hospitais e superfaturam as obras, para garantir o dinheiro da próxima eleição e ainda usam a obra como plataforma de campanha.

    Algum tempo atrás eu li em um jornal que vereadores do Rio estavam desviando cestas básicas e roupas doadas e distribuindo para o seu próprio eleitorado, fazendo campanha com a doação dos outros, são pessoas assim que comandam o país e depois de muito reclamar cheguei a conclusão que a culpa não é deles, é nossa, todo mundo fica reclamando que não cassaram a Jaqueline Roriz, mas a maioria se esquece que ela foi flagrada desviando dinheiro durante a campanha e mesmo assim foi eleita, assim como a sua mãe que mesmo só sendo candidata ao governo do distrito federal pq o seu marido Joaquim Roriz estava impugnado e mostrando que não tinha nenhuma experiência ao passar vergonha em um debate ao vivo, foi para o segundo turno na eleição passada.

    Claro que não sou inocente e sei que além do voto normal essas pessoas continuam no controle da “máquina” através de lavagem de dinheiro, compra de votos, manipulação de mídia e até contando votos de pessoas que já morreram “como foi noticiado recentemente para a criar o PSD, partido encabeçado pelo prefeito de São Paulo Gilberto Kassab”, mas ainda sim grande parte da culpa desses bandidos serem eleitos é do povo.

    Desculpa pelo jornal que escrevi, mas se a gente começar a falar de tudo que esta errado não cabe em um post rs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá Amigo Paulista!!!

    Concordo plenamente com você, tudo isto dá vontade de vomitar, seu comentário daria mesmo um excelente post, é uma maneira de manter a consciencia crítica e o discernimento.
    Bjus
    Bia :)

    ResponderExcluir
  3. É, na verdade enquanto não tivermos consciência de voto para colocar pessoas integras, que realmente demonstram interesse para com as necessidades do povo, ficaremos nisto mesmo. Sem falar que precisamos ter fé e orar pelos íntegros sempre, pois mesmo sendo pessoas idôneas, diante de tanto dinheiro não há como não sofrer uma tentaçãozinha.
    E vamos em frente, infelizmente a educação também não ajuda, afinal é pela ignorância do povo que esses calhordas estão no poder mas a gente chega lá.

    ResponderExcluir
  4. Olá Marcus!!!

    Não sei como conseguem serem felizes no meio de tanta desonestidade e safadeza, é nauseante e triste, mas pelo menos alguns fazem sua parte com consciência e gritando contra o que está errado.
    Bia :)

    ResponderExcluir
  5. Oi Bia querida. Que bom tê-la lá no blog... você é sempre muito bem-vinda. Quanto a toda essa corrupção, convivo diariamente com esse tipo de gente e esse é um dos motivos do meu sumiço. Fico tão enojada com certas coisas que acontecem que reflete em minha saúde e você não imagina o esforço que faço para "filtrar" tantos desmandos que vejo. Tenho a esperança de que um dia se faça justiça e as coisas realmente mudem.
    Apareça sempre que desejar.
    Bjo grande

    ResponderExcluir
  6. Oi Alê!!!

    É surreal e nojento mesmo, haja estômago para suportar tanta falta de caráter. Mas o importante é que tem pessoas boas, honestas e corajosas que falam e mostram o que está errado, haja visto os que falam isto na mídia, são corajosos e apontam a onde está a corrupção. Como acredito na Lei do Retorno sei que um dia mais cedo ou mais tarde estes corruptos vão pagar, acho que a infelicidade deve acompanhá-los por toda a vida porque deve ser muito triste ser assim pérfidos e ladrões.
    Ah!!! A recíproca é verdadeira, sempre fico feliz quando aparece por aqui, como a vida é cheia de responsabilidades e compromissos nem sempre temos tempo para tudo, né?
    Bjus
    Bia :)

    ResponderExcluir
  7. Oi Bia!
    O descaso dos políticos com a população acho que vai cada vez mais se acentuar. É muito cômodo, não fazem nada pela saúde, migramos para os planos, o ensino é uma droga, colocamos os filhos na escola privada, a insegurança nos amedronta, nos cercamos de todos os aparatos para preveni-la, então, sairemos dessa? Difícil, a não ser que nos rebelemos dando um basta em tudo isso.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  8. Oi Bia, e olha que eu acho o sus uma invencao bem legal, acho que é um sistema criado com bons interesses, pensando nas pessoas que nao tem mt recursos. Pena que é mt mal cuidado. Acho que enquanto nao resolverem esse problema seríssimo da corrupcao/desvio de dinheiro público no Brasil de uma vez, esse país nunca vai sair do buraco que se meteu...

    ResponderExcluir
  9. Oi Val!!!

    Somos reféns deste sistema podre, agora entendo porque tanta gente vai embora do BRASIL e não quer mais voltar.
    Bjus
    Bia :)

    ResponderExcluir
  10. Oi Nina!!!

    Verdade, O SUS tinha tudo para ser uma boa solução, mas infelizmente a podridão da corrupção estraga tudo, é uma situação vergonhosa.
    Bjus
    Bia :)

    ResponderExcluir
  11. Oi Bia! Tua indignação é a mesma que a minha. Sou da área da saúde e vejo bem de perto esse descaso. A corrupção está literalmente matando a saúde do povo brasileiro. É a área que recebe menos investimentos e a que mais necessita. É notável a diferença de um Hospital comprometido em administrar seus recursos adequadamente a favor da vida dos pacientes que ali procuram por um bom atendimento pelo SUS pra outro que desvia seus recursos para bolsos de ladrões. Tenho acompanhado muito esse panorama com o caso da minha vó, que está sendo tratada num Hospital Público de ótima qualidade fora aqui da minha região, recebendo um tratamento muito melhor que talvez se ela estivesse em até algum Hospital particular daqui da minha cidade, agora vc imagina o público. Na minha opinião, dinheiro não falta, o que falta é o respeito e o comprometimento verdadeiro com as vidas das pessoas que mais precisam nesse País. É lamentável que a taxa de mortalidade infantil ainda seja alta em algumas regiões do nosso País, que não exista uma vacina para algumas doenças tropicais estudadas há décadas, que idosos sejam tratados com tanto descaso tendo que ser atendidos e até mesmo internados em corredores de hospitais sem a mínima humanização, e tantas coisas que dá revolta mesmo. Bom se fosse tudo como está escrito no papel, o SUS é o Sistema de Saúde mais completo e lindo que existe, na minha opinião, só falta botar em prática! Bju Flor, obrigada pela força lá no Blog, ótimo receber teus comentários!!! Fica com Deus e tudo de bom pra vc!

    ResponderExcluir
  12. Oi Mônica!!!

    Como sempre expressou grandes verdades que também dariam um excelente post, se todos tivessem essa consciência e cultura pode ter certeza que as coisas não estariam do jeito que estão. Muito importante e verdadeiro seu comentário. Obrigada também! Igualmente tudo de bom e que Deus abençoe sempre.
    Bjus
    Bia :)

    ResponderExcluir