sexta-feira, 2 de novembro de 2012

CIDADE DOS ANJOS

Imagem: Google
Quem já perdeu algum ente querido sabe exatamente a dimensão desta dor e o quanto a vida é efêmera, muitos filmes abordam essa questão de uma forma tocante, um dos filmes que eu sempre lembro é “Cidade dos Anjos”, mesmo em alguns momentos sendo surrealista retrata com sensibilidade situações que realmente acontecem, hoje sendo feriado de finados achei que esse filme cai como uma luva, tem tudo à ver e creio que serve também de consolo para recordar as pessoas amadas que já não estão mais aqui, mas que não morrem jamais porque permanecem vivos para sempre em nossos corações e na esperança de que realmente exista uma nova vida e a possibilidade de um reencontro. Assim sendo tem mais é que valorizar a vida, cada minuto e não perder tempo com coisas negativas.

Goo Goo Dolls -   Iris
(FILME Cidade dos Anjos)
video

5 comentários:

  1. Exatamente Bia, ninguém passa por este mundo sem deixar marcas; sejam quais forem! Escolha feliz vc fez ao sugerir o filme neste dia de recolhimento em que todos, sem exceção, têm alguém vivendo em outra dimensão e que, certamente, reencontraremos. Aos que ficam tristes neste dia eu digo: alegrem-se (!) pois àqueles que partiram primeiro estão nos esperando para o ágape da felicidade completa. Deixo-te uma citação do português António Rosa: "Os meus mortos são os meus Santos pessoais. Conheci-os, amei-os e eles a mim." Tenha um lindo dia. Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Que linda homenagem, Bia! Outro filme similar a este é aquele e se fosse verdade, sendo que nele, a menina fica em coma e volta a viver... e sobre as pessoas queridas que se foram, realmente, em nossa memória, elas não morrem jamais. beijos e lindo feriado.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Bia

    Adoro esse filme acho que já assisti umas 10 vezes talvez goste tanto porque quero descobrir o que nos espera do outro lado enfim todos as pessoas que por esta vida passa deixam algo para que nunca esquecemos dela.

    bjs

    ResponderExcluir
  4. Todos nós sabemos que cedo ou tarde ela vai está próximo da gente..porém quando um ente querido se vai..é muito difícil aceitar e se recompor, sem causar algumas transformações na nossa vida. Abraços. Sandra

    ResponderExcluir
  5. Oi Bia!
    A cada vez que lembramos de alguém que se foi, ela renasce para nós. Ninguém passa despercebido por esta vida, sempre tem quem lembre e alimente esta existência através das boas recordações e do quanto deixaram suas marcas em nós.
    Beijinhos e tudo de bom!

    ResponderExcluir